Cientistas tiram múmia de seu sarcófago pela primeira vez na história


      Para evitar problemas no transporte de uma múmia, os pesquisadores do Chicago Field Museum juntos a outros três cientistas tiveram de remover o corpo de dentro do sarcófago em uma ação inédita para a ciência. A múmia estava no museu desde 1920, quando foi entregue como parte de uma coleção histórica com outros 30 corpos embalsamados.
     J.P. Brown, o líder do grupo, revelou que se sentiu aliviado logo depois de todo o procedimento ter sido concluído corretamente. A múmia de um jovem que foi filho de sacerdote será exibida na mostra “Mummies: Images of the Afterlife”, em Los Angeles.
     “Nesses processos, elas sempre correm riscos de danos, então temos que lidar com o máximo de atenção possível”, explicou Brown.
     Alguns problemas encontrados na múmia após a abertura do caixão já eram esperados, como os pés soltos que foram identificados por meio de raios-x. Mas mesmo assim, Brown está maravilhado com o estado de preservação do corpo, mesmo depois de tanto tempo. “Elas são muito mais frágeis do que as pessoas acreditam”, explicou.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Olli, um ônibus elétrico reciclável

Uber entra em guerra contra seus concorrentes