Pin It button on image hover

O Blog do Bega

Sobral, onde a luz fez a curva.

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Uma favela em Nova York


     O ano de 1929 ficou marcado na história como o início da mais severa crise econômica do século XX. Causada por múltiplos fatores bancários e de paridade monetária, teve como marco inicial o "Crash" da Bolsa de Valores de Nova Iorque, que transformou grandes fortunas em poeira, trazendo desemprego, desespero e fome para famílias que nunca pensaram que enfrentariam tais problemas.


     A Grande Depressão talvez tenha sido a primeira amostra da existência de uma simbiose econômica, onde os erros de uma nação poderiam afetar indistintamente toda a economia global, num efeito que viria mais tarde ser chamado de "globalização".

     
     Nos Estados Unidos, porém, a crise mostrou sua face mais cruel, causando redução de 46% na produção industrial, 70% no comércio exterior e um aumento de 607% na Taxa de Desemprego, que de um patamar histórico de 5% pulou para 25% durante a crise.
     E foi neste cenário terrível que cerca de 20.000 veteranos da 1a guerra se dirigiram para Washington, cobrando do governo do então Presidente Herbert Hoover o pagamento imediato de auxílio financeiro. Como forma de protesto, eles construíram barracos próximos ao Congresso. Estas espécies de "favelas" foram então batizadas pelos americanos de "Hoovervilles".


     Uma das mais curiosas e inusitadas "Hoovervilles" foi instalada em pleno Central Park, o icônico cartão postal nova iorquino, na área hoje conhecida por "Great Lawn" ("Grande Gramado").
   Ironicamente, a crise teve seu fim no início da década de 40, com a movimentação econômica provocada pela 2a Guerra Mundial, com pleno emprego e investimentos maçicos em tecnologia e produção para abastecer o front europeu e posteriormente as tropas americanas do Pacífico.



     Quem hoje percorre o amplo gramado do Central Park, na cidade que talvez melhor simbolize a opulência e poderio econômico norte-americano, dificilmente pensará que por lá um dia existiu uma favela no melhor estilo sul americano...


     Fonte: Rioblog

iPad Mini deverá ser anunciado só em outubro


     Há algum tempo esperamos que o dia do novo iPhone seja 12 de setembro, quando a Apple faria um evento, Tim Cook entraria no palco, um novo iPhone seria anunciado e a Apple diria que isto muda tudo.
     Também havia relatos de que um novo iPad mini de 7,85″ seria anunciado no mesmo dia. Isto pode estar incorreto: o iPad Mini deve chegar só em outubro.
     John Gruber, que possui vários contatos na Apple, diz que não deve ocorrer um anúncio duplo do novo iPhone e iPad mini. Ele sugere que faz mais sentido para a Apple realizar dois eventos: anunciar o novo iPhone em setembro, e esperar até outubro para apresentar o iPad mini. Segundo ele, a Apple não iria dividir o palco entre os dois produtos, roubando atenção do iPhone.

Cartazes para todos os gostos


     Entrando na onda dos candidatos a vereador, os frades capuchinhos do Santuário de São Francisco de Assis também colocaram o seu cartaz na rua. Bem, só que não é para candidato nenhum e sim para convidar os fiéis para o novenário em homenagem ao santo, que deve começar no dia 25 de setembro.

Participe do Blog do Bega


     Participe do Blog do Bega. Desça até o final da página e clique no botão "Participar deste site". É rapido e fácil. O Bega agradece.

North Sea Jazz 2009 Live - Burt Bacharach - Walk on by e Say a Little Prayer


Burt Bacharach e orquestra, Walk on By e Say a Little Prayer. Boa sexta para todos.

Sei não, mas... sei lá


Design – Móveis que se transformam



     Mobília que se transforma em outras coisas é o mais próximo de um gadget que uma cadeira ou uma mesa pode chegar. Mas, mais do que mudar para servir a múltiplos propósitos, existe uma engenhosidade na forma com que essa funcionalidade é alcançada. Projetos intrincados. Partes móveis complexas. Ideias divertidas.
     Aqui estão sete dos melhores exemplos de camas, sofás e prateleiras que podem ser alteradas.






quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Arte tirada dos livros


          O artista Thomas Allen acaba de publicar uma dúzia de novos trabalhos antes do início de sua próxima mostra, Beautiful Evidence, na Foley Gallery em Nova Iorque. A abertura será no dia 09 de setembro de 2012. Allen recorre a enciclopédias antigas, livros primários e livros de ciência para extrair ilustrações para seu trabalho perfeitamente composto.







Para descontrair


Diana Ross - EXPERIENCE


     Esta eu procurava há anos. Do fundo do baú, Diana Ross, Experience. Bom dia.

Nova tendência: Internet dentro de ônibus


     Algumas companhias de ônibus estão disponibilizando internet wi-fi para seus passageiros na linha Rio-SP.
     Os ônibus são equipados com antena que transmite o sinal de internet via wi-fi aberto para os viajantes. Algumas empresas também disponibilizam mesas de trabalho nas primeiras poltronas, com tomadas para recarregar notebooks.
     Essa estratégia de mercado surgiu para oferecer um serviço de qualidade e competir com as empresas aéreas. Além do serviço de wi-fi gratuito, dependendo da empresa de transporte o passageiro consegue achar dispositivos de áudio e vídeo individuais ou uma sala de espera com mais conforto antes da viagem, com revistas, poltronas e computadores.
     O serviço parece ser uma nova tendência de mercado: muitos trechos não são possíveis de realizar com avião, principalmente viagens capital-interior de qualquer Estado. O conforto extra pode estimular viajantes a aderir ao transporte rodoviário.

Por que elas devem ter câmera









quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Instagram na sua sala


          “Funcionários da D2M, uma empresa de design norte-americana, criaram um porta-retratos que exibe, em tempo real, fotos tiradas com o aplicativo Instagram. O produto foi batizado de Instacube.
     O design do objeto é semelhante ao logotipo da rede social e possui tela de 6,5 polegadas com resolução de 600x600 – a mesma do Instagram para smartphones.
     O aparelho funciona com sistema Android (a versão não é revelada) e tem 4 GB de memória interna e 256 MB de memória RAM. A conexão com o Instagram acontece via rede Wi-fi.
     Além das fotos da linha do tempo do usuário, o Instacube também exibe imagens associadas a determinadas hashtags. Então, por exemplo, quando quiser ver fotos de pôr do sol, basta programar o aparelho para procurar por #pordosol.
     O produto tem apenas três botões: um para curtir as fotos; trocar a exibição de imagens; e desligar o sistema.
     O Instacube está sendo financiado coletivamente pelo Kickstarter. Seus desenvolvedores pedem US$ 250 mil. Até o momento, já conseguiram US$ 190 mil e ainda faltam 29 dias para fechar o período de arrecadação. O modelo mais barato disponível em estoque pede a contribuição de US$ 150.”

O sucesso da "Gina Indelicada"


     A empresa Rela Gina ameaçou processar o criador da página da “Gina Indelicada” no Facebook, Ricck Lopes, por se apropriar de sua marca, mas mudou de ideia. Os donos decidiram que a melhor coisa a fazer é propor uma parceria ao criador da página-meme, já que ela possui mais de 1,2 milhão de “Curtir” e, até então, a empresa sequer havia pensado em criar um perfil em alguma rede social. (O que automaticamente leva ao desespero de centenas de publicitários que buscam por algo parecido em cada longo e exaustivo dia de trabalho, ao longo do ano inteiro, durante anos e anos a fio de suas carreiras). A decisão foi tomada depois de uma reunião realizada nesta sexta-feira com intuito de ajudar o pobre (no sentido de desesperado) diretor-presidente da Rela Gina, Luiz Carlos Rela, a entender o que diabos estava acontecendo.

The Beatles - Get Back

     Para os amigos Dario e Irismar Azevedo que devem estar voltando de Liverpool. The Beatles, Get Back. Bom dia.

As Faces do Crime



     Todos esses homens foram apanhados pelo longo braço da lei britânica em 1930. Surpreendentemente, esta coleção de fotos foi descoberta recentemente no lixo de uma loja, no nordeste da Inglaterra. Mais tarde, elas foram doadas para a Tyne & Wear Arquivos e Museus e foram recentemente lançadas em sua Galeria do Flickr.


     O que imediatamente nos chamou a atenção é que apenas dois deste grupo heterogêneo tem mais de um metro e oitenta centímetros de altura. Muitos deles mal chega a 1,60m. Isso certamente reflete a falta geral de nutrição que as classes trabalhadoras inglesas sofreu nas primeiras décadas do século XX.


     Alguns desses homens, sem dúvida, lutaram na Primeira Guerra Mundial. É verdade que muitos escritórios de recrutamento se desesperaram com o tamanho insignificante de muitos milhares de recrutas que foram considerados inadequadas até para deveres gerais, tal era a sua falta de força e estatura. Estes homens são desta geração e esta coleção de fotos é ainda mais fascinante porque ela vem de uma época em que esse tipo de extremo “close-up” não era a norma fotográfica.



               Nem todos os homens apresentados parecem ter sido criminosos de carreira, embora alguns tenham cometido delitos não suficientes para enfrentarem a lei. No entanto, todos eles tinham alguma atividade como um comércio ou um trabalho avulso como vendedor ambulante, etc. 



     Só podemos imaginar o que levou estes homens a cometer seus crimes. Levando em conta a idade aproximada das fotografias, todas tiradas na área de  Tyne e Wear, (talvez a cidade de Newcastle Tyne), sabemos que foi durante a depressão da década de 1930 e, além disso, em uma área particularmente atingida do United Reino. 



     Embora a pobreza não seja uma boa desculpa para roubar, pode-se dizer que a condição aumenta a tentação quando ela é apresentada.



Thanks to  Tyne & Wear Archives and Museuns for making them available online. ( Fonte “Curiositas)


Beleza rabiscada