Pin It button on image hover

O Blog do Bega

Sobral, onde a luz fez a curva.

domingo, 31 de maio de 2015

Apple quer acabar com o jailbreak no iOS9


     A Apple está trabalhando em uma nova versão de seu sistema operacional, e promete desde já que se tratará de um iOS extremamente seguro e, entre outras características, blindado aos famosos jailbreaks, como informa o 9to5Mac.
     Jailbreak é o nome que se dá quando há intenção de mexer no hardware do dispositivo através de seu software para modificar as configurações de permissão e, assim, baixar aplicativos e ferramentas externos, originalmente proibidos ou tarifados pela Apple e seus sistemas. Tais ações têm sido algumas das mais fortes dores de cabeça para a Maçã, que pretende acabar com isso no iOS 9.
     O sistema de segurança está sendo chamado por enquanto de Rootless, e aparentemente estará presente em ambos os sistemas operacionais iOS e Mac. Segundo o 9to5Mac, os novos sistemas foram criados para serem impossíveis de ser adulterados, principalmente no que diz respeito aos arquivos mais essenciais para a integridade dos iPhones e iPads, o que poderia representar um problema sério para a comunidade 'jailbreaker'.
     De acordo com o Digital Millennium Copyright Act, conhecido como DMCA (em português, Lei dos Direitos Autorais do Milênio Digital), o jailbreak não é uma prática ilegal, mas a Apple afirma que o ato pode invalidar a garantia dos produtos. Ao longo dos anos, a empresa tem tomado medidas para prevenir o uso desse recurso, através da atualização de seus softwares, e parece ter atingido o resultado que esperava com o Rootless.
     Para os consumidores, por outro lado, usar o jailbreak pode significar se livrar de barreiras proibitivas e financeiras impostas pelas configurações originais do iOS, e modificar seus iPhones, iPads e Apple TVs representa ter acesso a aplicativos e ferramentas customizadas, ou que apenas não eram permitidas pelo sistema operacional em seu estado original.
     Com a chegada do Rootless em breve, a impressão que temos é que a Apple pretende facilitar seu próprio discurso contra o jailbreak, e que até mesmo usuários de níveis administrativos elevados terão sérias dificuldades em acessar arquivos que a Apple considere vitais para manter as configurações de fábrica do aparelho — em outras palavras, a Maçã vai fechar o cerco de segurança ao redor dos arquivos que geralmente eram usados pelos usuários para descobrir um jailbreak que funcionasse com sucesso.
     Tais medidas de segurança preventiva são voltadas para o sistema iOS. Com o Mac, porém, a situação pode mudar um pouco de figura, de acordo com o 9to5Mac, que afirma que as fontes dentro da Apple estão "radiantes com o Rootless", mas que a comunidade hacker pode considerar isso como um desafio a ser superado.
iOS 9 no iPhone 4S
     Faltando praticamente uma semana apenas para a WWDC, evento anual organizado pela Apple voltado para desenvolvedores, novos rumores sobre o iOS 9 não param de surgir. O mais recente, e que deve despertar o interesse dos usuários de longa data da Maçã, é que o novo sistema operacional mobile da empresa deverá chegar até mesmo ao iPhone 4S, de 2011.
     Em geral, quando do lançamento de um novo sistema operacional, os fãs da Apple podem esperar a atualização para uma gama de aparelhos que engloba até quatro gerações. Caso o lançamento de um novo iPhone e a chegada do iOS 9 para o iPhone 4S sejam confirmados no evento, porém, será a primeira vez que a empresa atingirá nada menos que cinco gerações diferentes com um mesmo software.
     Tais 'recuos' de novos sistemas operacionais para aparelhos mais antigos em geral causam problemas para os usuários, uma vez que a política da Apple era, até então, simplesmente atualizar os aparelhos com a versão completa do software mais recente de uma vez e, aos poucos, ir desabilitando as funções que não funcionassem bem.
     Para o iOS 9, a Maçã promete agir de outro modo: os iPhones, iPads e afins mais antigos receberão uma versão 'crua' do sistema, e aos poucos irão ganhando as novas ferramentas. Isso pode significar que os usuários dos gadgets de gerações anteriores sofram com menos recursos em seus aparelhos, mas ainda assim, irão obter as mesmas novidades em questão de segurança, por exemplo, que os novos aparelhos receberão.
     A WWDC ocorrerá em São Francisco (EUA), entre os dias 8 e 12 de junho.

sábado, 30 de maio de 2015

ZEF Climatic, a mesa que pode aposentar seu ar condicionado


     Desde o esgotamento do recurso até o preço das tarifas, não faltam motivos para poupar energia elétrica. O consumidor, cada vez mais, procura produtos que agreguem este tipo de conforto e eficiência. A ZEF Climatic Table é um promissor gadget que se encaixa perfeitamente nessa tendência, numa linha chamada de ZEF – Mobília de Zero Energia (Zero Energy Furniture).
     Criada pelo designer industrial parisiense Jean-Sébastien Lagrange junto com seu compatriota o engenheiro Raphaël Ménard, a ZEF Climatic Table reinventa uma das primeiras criações humanas: a mesa. A novidade é que o móvel também controla a temperatura do ambiente sem usar eletricidade.
     À primeira vista, a ZEF Climatic Table não é muito diferente de uma mesa de design elegante com tampo de carvalho maciço e pernas anguladas. No entanto ela promete cortar os gastos com energia em até 60%. “Queríamos ver se era possível pensar as questões climáticas e energéticas a partir da produção de móveis”, conta Lagrange em entrevista ao portal Wired.
     Por baixo da mesa há uma série de materiais sensíveis às mudanças térmicas (PCMs) colocadas entre o tampo de madeira e a parte inferior de alumínio anodizado. Os materiais amolecem quando o ambiente atinge 71°F (aproximadamente 22°C), absorvendo (e armazenando) o excesso de calor, e, em seguida, ao endurecer faz cair as temperaturas, libertando o calor retido, com a ajuda do alumínio.
     O efeito é uma perceptível mudança na temperatura do ambiente. Basicamente, a ZEF Climatic Table trabalha como uma “esponja térmica”, absorvendo o excesso de calor na área ao redor do móvel e em seguida armazenando ou liberando essa energia térmica. De acordo com os inventores, a mesa pode reduzir a demanda por energia elétrica para aquecimento em até 60% e para refrigeração em até 30%.
     A ZEF Climatic Table é mais adequada para casas que não têm controle climático interno (como a maioria das residências brasileiras) e funciona melhor em locais com grandes variações de temperatura. Em cômodos onde faz calor num dia ensolarado e a temperatura cai à noite, a mesa seria capaz de manter o clima mais consistente.
     A parceria entre Lagrange e Ménard deve render mais frutos em breve, já que a dupla está planejando a criação de mais produtos da linha ZEF. Os dois afirmaram que planejam novos itens domésticos e projetos de iluminação em sua próxima série.






sexta-feira, 29 de maio de 2015

Sei não, mas... sei lá


Rússia está desenvolvendo seu próprio sistema operacional móvel


     A Rússia é um lugar esquisito. Diferente da China, que embora permaneça comunista no papel, mas abraçou o capitalismo com força, a nação dita democrática entrou numa vibe saudosista fortíssima nos últimos anos, muito por culpa do presidente e “ex-KGB” Vladimir Putin.
     Não é novidade que suas decisões vêm sendo vistas como uma forma de fortalecer o país e tentar resgatar a glória da Mãe Rússia, principalmente no que diz respeito ao cenário tecnológico. Exemplos:  exigir acesso aos dados da Apple e SAP, obrigar empresas a armazenarem dados no país, abrir mão de processadores AMD e Intel, obrigar blogueiros e usuários de redes sociais a se registrarem como veículos de mídia, exigir que devs mobile deem preferência ao Tizen e Sailfish e proibir memes com figuras públicas.
     A última mais uma vez mira no mercado mobile: o governo russo não quer mais que seus cidadãos dependam de dispositivos iOS, Android ou Windows e pretende desenvolver um SO próprio.
     A meta da Rússia é depender cada vez menos da tecnologia ocidental, criando soluções próprias. No caso da recusa em continuar comprando computadores Intel e AMD, o país vai por sua vez se voltar para produtos com os chips da empresa local T-Platforms. O mercado mobile é outro que o Kremlin não quer que seja dominado por Apple, Google e Microsoft, independente de quão bons sejam seus produtos. Embora o governo tenha aconselhado os desenvolvedores a se voltarem para plataformas alternativas, a verdade é que mesmo elas não serão utilizadas.
     Ao invés disso o ministro das comunicações Nikolai Nikiforo anunciou oficialmente planos para substituir o mercado de iPhones e Androids por aparelhos baseados em um novo sistema operacional open source, desenvolvido localmente e com base no Sailfish OS da finlandesa Jolla.
     As negociações entre o governo russo e a Jolla já estão em andamento; a ideia é reverter o quadro em que 95% do market share russo mobile é dominado por iOS e Android, oferecendo uma nova plataforma livre de “vigilância em massa”. Como o Sailfish é de código aberto os desenvolvedores russos terão a liberdade de criar algo totalmente livre de segredos — ao mesmo tempo que a Rússia poderia ela mesma vigiar os aparelhos dos cidadãos como bem entender. E claro, com um SO próprio a Rússia espera movimentar o cenário de desenvolvimento mobile local.
     Os planos consistem em morder 50% do mercado mobile em uma década. Eu não sei vocês mas para isso dar certo é preciso CONVENCER O USUÁRIO de que migrar é uma boa ideia. Eu não acredito que o governo russo deseje banir os aparelhos de seus concorrentes do país, algo que a China, mesmo com o COS não fez.

Fonte: ZDNet.

quinta-feira, 28 de maio de 2015

Charme em Preto & Branco






Fechar sites de pirataria não funciona


     Site pirata bom é site pirata “morto“. Essa é a linha de pensamento que associações como RIAA e MPAA defendem. Mas será que uma medida tão extrema resolve o problema da pirataria? A Comissão Europeia fez um estudo para descobrir. A resposta é um sonoro “não”.
     A gente já sabia. O Capitão Óbvio também. Mas levantamentos como esse ajudam autoridades e a própria indústria a compreender melhor a dinâmica do problema e, eventualmente, a buscar soluções razoáveis para todo mundo.
     Para chegar à conclusão, pesquisadores da Comissão Europeia analisaram estatísticas referentes ao site de streaming Kino.to. O serviço era bastante popular em certos países da Europa, mas foi fechado pela polícia em 2011, com direito a prisões de integrantes e apreensão de computadores.
     Os analistas perceberam que, tendo como base um grupo de 5 mil usuários alemães identificados como usuários do Kino.to, a procura por conteúdo ilegal caiu drasticamente depois do fechamento. Mas apenas por poucos dias.
     Nas primeiras quatro semanas após o encerramento do site, a queda no consumo de pirataria chegou a 30%. Seria um número expressivo se essa massa de usuários tivesse migrado para serviços considerados legais, mas a procura por plataformas legítimas aumentou apenas 2,5% no período.
     A Comissão Europeia descobriu ainda que, além de não ter ajudado a diminuir os índices de pirataria, o fechamento do Kino.to estimulou a criação não de um, mas de vários sites alternativos. Juntos, esses serviços passaram a atender toda a base de “órfãos” do Kino.to. Como houve fragmentação, a identificação e o monitoramento desses sites ficaram mais difíceis.
     Os pesquisadores tomaram o cuidado de ressaltar que a análise deve ser vista com cuidado. O levantamento não verificou, por exemplo, se houve aumento no consumo de conteúdo em mídia física após o fechamento do Kino.to. Mas a gente sabe bem que eles não estão errados: se um site de download ou streaming ilegal sai do ar, outras opções aparecem.
     A pirataria é um problema crônico, mas que pode ser amenizado com a oferta de ampla variedade de conteúdo e preços acessíveis, por exemplo. Netflix e Spotify estão aí para provar.
     Mas esse é um caminho que cabe à indústria do entretenimento trilhar. Para a Comissão Europeia, o estudo ajuda a mensurar os efeitos das ações das autoridades no longo prazo e a estimar quão crescentes são os custos dessas abordagens, afinal, quanto mais fragmentação houver nas fontes de pirataria, mais recursos devem ser alocados se a estratégia de combate ao problema não mudar.

Fonte: TorrentFreak

quarta-feira, 27 de maio de 2015

Lugar de mulher é na cozinha







Perna biônica pode ser controlada pelo cérebro


As próteses atuais são de grande ajuda para pessoas que, por acidente ou enfermidade, perderam algum membro do corpo. Mas a próxima geração desses equipamentos promete oferecer muito mais realismo, digamos assim. É o caso da perna biônica em desenvolvimento pela fabricante Ossur: os movimentos da prótese podem simplesmente ser controlados com o cérebro.
     Mesmo as próteses mais modernas de hoje podem causar frustração nos usuários. Muitas vezes, a pessoa percebe um atraso na realização do movimento desejado porque o acionamento do dispositivo depende da contração de um músculo. A prótese da Ossur não tem esse problema por conta de sensores chamados IMES (Implanted MyoElectric Sensor).
     Basicamente, a tecnologia funciona da seguinte forma: quando o cérebro emite uma “ordem” para movimentar o pé, os sinais correspondentes são captados por um par de sensores colocados em contato com um tecido muscular da perna próximo ao ponto onde houve a amputação.
     Esses sensores atuam como se fossem continuações nervosas do membro, de modo que não é necessário aguardar o músculo se contrair para a prótese ser ativada: assim que recebem o comando, os sensores enviam a ordem para que o equipamento realize o movimento correspondente. Tudo acontece praticamente em tempo real.
     Se funciona? A declaração de Gudmundur Olafsson, um dos dois pacientes que participam dos testes, responde: “para ser honesto, na primeira vez, eu comecei a chorar. Fizeram o tornozelo se movimentar e eu não tinha um há onze anos”.
     Equipamentos biônicos comandados pela mente não são novidade. Mas muitos desses projetos exigem procedimentos complexos, como transplante de tecido muscular ou ligação de eletrodos diretamente ao cérebro. No caso da Ossur, o procedimento cirúrgico para implantação dos sensores é simples – a operação de Olafsson, por exemplo, durou apenas 15 minutos.
     Há outra vantagem: os sensores são alimentados diretamente pela prótese, portanto, não é necessário trocá-los periodicamente ou mesmo implementar baterias, o que os deixa menores.
     Além de oferecer movimentos quase tão realistas quanto os naturais, próteses com IMES podem ajudar a pessoa a evitar que músculos do membro afetado atrofiem.
     A má notícia é que um produto como esse deve demorar um pouco para ser disponibilizado. A Ossur planeja agora realizar testes em larga escala para avaliar melhor a eficácia da prótese. Se tudo der certo, a tecnologia levará de três a cinco anos para chegar ao mercado.
     Como já destacado, essa não é a única pesquisa que envolve comando de próteses a partir do cérebro. Outro exemplo interessante vem da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos: os pesquisadores da instituição conseguiram fazer um senhor controlar mentalmente dois braços robóticos ao mesmo tempo.

Fonte: Engadget, Popular Science



terça-feira, 26 de maio de 2015

Beleza rabiscada






LG desenvolve TV OLED de menos de 1 mm de espessura


          A tendência atual são telas com resoluções cada vez maiores. Mas a indústria não abandonou a ideia de desenvolver displays fininhos. Prova disso é a mais recente proeza da LG: a companhia apresentou uma TV OLED que tem menos de 1 mm de espessura – 0,97 mm, para ser exato.
     O painel possui 55 polegadas e pesa apenas 1,9 quilo. Com essa leveza toda (para uma TV grandalhona), a LG pôde implementar outra ideia: a fixação do dispositivo à parede é feita com imãs, como se houvesse cola atrás da tela.
     Essa “colagem” é feita de modo semelhante à colocação de um cartaz na parede. Além de fina, a tela é flexível, portanto, não há problema em dobrá-la ligeiramente para facilitar o transporte e a própria fixação.
     Por enquanto, a tela não passa de um protótipo. A LG não descarta a ideia de lançar uma TV fininha assim, mas, no momento, a preocupação da companhia está em demonstrar os avanços da sua tecnologia.
     A LG aposta fortemente no OLED para a atual e as futuras gerações de telas porque a tecnologia é baseada em uma camada orgânica que, por emitir luz própria, dispensa a necessidade de iluminação de fundo. Assim, o OLED viabiliza não só a construção de painéis de espessura reduzida como também a fabricação de telas curvadas – assunto, aliás, discutido recentemente no Tecnocast 020.
     Com o protótipo, a LG deixou claro que, do ponto de vista técnico, a tecnologia está mesmo bastante avançada. O problema atual são os custos elevados da produção de painéis OLED. É por isso que as TVs do tipo (a grande maioria, com mais de 50 polegadas) são tão caras.
     Esse problema deve ser amenizado logo, no entendimento da LG. A companhia está aumentando a sua produção de telas OLED. A oferta maior pode ajudar a diminuir os preços dos aparelhos. A intenção é fabricar 600 mil TVs do tipo neste ano e 1,5 milhão em 2016.

Fonte: CNET

segunda-feira, 25 de maio de 2015

As melhores fotografias da semana no Pinterest











Eu estaciono feito um idiota









 Proibido girar à esquerda

Transição para TV digital começa em 2015 e termina em novembro de 2018


     Você já migrou para a televisão digital? O Ministério das Comunicações definiu, em junho de 2014, o cronograma do desligamento do sinal analógico em cada município. Com a transição, que está sendo aguardada especialmente pelas operadoras, a frequência de 700 MHz será liberada para o 4G. No Brasil, as redes móveis de quarta geração usam atualmente as faixas de 1.800 MHz e 2.600 MHz.
    Os primeiros a terem o sinal de TV analógica desativado serão os moradores de Rio Verde, município de 197 mil habitantes localizado em Goiás que foi escolhido para ser a cidade piloto. Isso acontecerá no dia 29 de novembro de 2015. Ao longo de 2016, o desligamento será feito em grandes capitais: Brasília (3 de abril), São Paulo (15 de maio), Belo Horizonte (26 de junho), Goiânia (28 de agosto) e Rio de Janeiro (27 de novembro).
Data
Região
Municípios
29/11/2015
Piloto
Rio Verde-GO
03/04/2016
Distrito Federal
Abadiânia-GO, Águas Lindas de Goiás-GO, Alexânia-GO, Brasília-DF, Cabeceira Grande-MG, Cidade Ocidental-GO, Formosa-GO, Luziânia-GO, Novo Gama-GO, Planaltina-GO, Santo Antônio do Descoberto-GO, Valparaíso de Goiás-GO
15/05/2016
São Paulo
Arujá-SP, Barueri-SP, Biritiba-Mirim-SP, Carapicuíba-SP, Cotia-SP, Diadema-SP, Embu-Guaçu-SP, Embu-SP, Ferraz de Vasconcelos-SP, Guarulhos-SP, Itapecerica da Serra-SP, Itapevi-SP, Itaquaquecetuba-SP, Jandira-SP, Mauá-SP, Mogi das Cruzes-SP, Osasco-SP, Poá-SP, Ribeirão Pires-SP, Rio Grande da Serra-SP, Santana de Parnaíba-SP, Santo André-SP, São Bernardo do Campo-SP, São Caetano do Sul-SP, São Paulo-SP, Suzano-SP, Taboão da Serra-SP, Vargem Grande Paulista-SP
26/06/2016
Belo Horizonte
Araçaí-MG, Belo Horizonte-MG, Betim-MG, Caeté-MG, Contagem-MG, Florestal-MG, Ibirité-MG, Igarapé-MG, Juatuba-MG, Lagoa Santa-MG, Mário Campos-MG, Mateus Leme-MG, Matozinhos-MG, Nova Lima-MG, Ribeirão das Neves-MG, Rio Acima-MG, Sabará-MG, Santa Luzia-MG, São Joaquim de Bicas-MG, São José da Lapa-MG, São José da Varginha-MG, Sarzedo-MG, Taquaraçu de Minas-MG, Vespasiano-MG
28/08/2016
Goiânia
Abadia de Goiás-GO, Aparecida de Goiânia-GO, Aragoiânia-GO, Bela Vista de Goiás-GO, Bonfinópolis-GO, Brazabrantes-GO, Goianápolis-GO, Goiânia-GO, Goianira-GO, Guapó-GO, Hidrolândia-GO, Ouro Verde de Goiás-GO, Santo Antônio de Goiás-GO, Senador Canedo-GO, Terezópolis de Goiás-GO, Trindade- GO
27/11/2016
Rio de Janeiro
Belford Roxo-RJ, Cachoeiras de Macacu-RJ, Duque de Caxias-RJ, Guapimirim-RJ, Itaboraí-RJ, Magé-RJ, Maricá-RJ, Mesquita-RJ, Nilópolis-RJ, Niterói-RJ, Nova Iguaçu-RJ, Rio de Janeiro-RJ, São Gonçalo-RJ, São João de Meriti-RJ, Tanguá- RJ
25/06/2017
Curitiba
Almirante Tamandaré-PR, Araucária-PR, Campina Grande do Sul-PR, Campo Largo-PR, Campo Magro-PR, Colombo-PR, Contenda-PR, Curitiba-PR, Fazenda Rio Grande-PR, Pinhais-PR, Piraquara-PR, Quatro Barras-PR, São José dos Pinhais-PR
Florianópolis
Biguaçu-SC, Florianópolis-SC, Garopaba-SC, Palhoça-SC, Paulo Lopes-SC, São José-SC
Porto Alegre
Alto Feliz-RS, Alvorada-RS, Araricá-RS, Arroio dos Ratos-RS, Barra do Ribeiro-RS, Brochier-RS, Cachoeirinha-RS, Campo Bom-RS, Canoas-RS, Capela de Santana-RS, Capivari do Sul-RS, Charqueadas-RS, Dois Irmãos-RS, Eldorado do Sul-RS, Estância Velha-RS, Esteio-RS, General Câmara-RS, Glorinha-RS, Gravataí-RS, Guaíba-RS, Harmonia-RS, Ivoti-RS, Linha Nova-RS, Maratá-RS, Montenegro-RS, Morro Reuter-RS, Nova Santa Rita-RS, Novo Hamburgo-RS, Palmares do Sul-RS, Pareci Novo-RS, Portão-RS, Porto Alegre-RS, Salvador do Sul-RS, Santo Antônio da Patrulha-RS, São Jerônimo-RS, São José do Hortêncio-RS, São Leopoldo-RS, São Pedro da Serra-RS, São Sebastião do Caí-RS, Sapiranga-RS, Sapucaia do Sul-RS, Tapes- RS, Taquara- RS, Triunfo- RS, Viamão- RS
30/07/2017
Salvador
Camaçari-BA, Dias d’Ávila-BA, Itaparica-BA, Jaguaripe-BA, Lauro de Freitas-BA, Madre de Deus-BA, Salinas da Margarida-BA, Salvador-BA, São Francisco do Conde-BA, Saubara-BA, Simões Filho-BA, Vera Cruz-BA
Fortaleza
Aquiraz-CE, Cascavel-CE, Caucaia-CE, Eusébio-CE, Fortaleza-CE, Horizonte-CE, Itaitinga-CE, Maracanaú-CE, Maranguape-CE, Pacajus-CE, Pacatuba-CE, Pindoretama-CE
Recife
Abreu e Lima-PE, Araçoiaba-PE, Cabo de Santo Agostinho-PE, Camaragibe-PE, Carpina-PE, Igarassu-PE, Ilha de Itamaracá-PE, Itapissuma-PE, Jaboatão dos Guararapes-PE, Moreno-PE, Olinda-PE, Paulista-PE, Recife-PE, São Lourenço da Mata-PE
27/08/2017
Campinas
Águas de São Pedro-SP, Americana-SP, Araçoiaba da Serra-SP, Artur Nogueira-SP, Boituva-SP, Cabreúva-SP, Campinas-SP, Campo Limpo Paulista-SP, Capivari-SP, Cerquilho-SP, Cesário Lange-SP, Charqueada-SP, Conchal-SP, Cordeirópolis-SP, Cosmópolis-SP, Elias Fausto-SP, Engenheiro Coelho-SP, Espírito Santo do Pinhal-SP, Estiva Gerbi-SP, Holambra-SP, Hortolândia-SP, Indaiatuba-SP, Iperó-SP, Ipeúna-SP, Iracemápolis-SP, Itatiba-SP, Itupeva-SP, Itu-SP, Jaguariúna-SP, Jarinu-SP, Jumirim-SP, Jundiaí-SP, Limeira-SP, Louveira-SP, Mogi Guaçu-SP, Moji Mirim-SP, Mombuca-SP, Monte Mor-SP, Nova Odessa-SP, Paulínia-SP, Pedreira-SP, Porto Feliz-SP, Rafard-SP, Rio das Pedras-SP, Saltinho-SP, Salto-SP, Santa Bárbara d’Oeste-SP, Santo Antônio de Posse-SP, São Pedro-SP, Sorocaba-SP, Sumaré-SP, Tatuí- SP, Tietê- SP, Tuiuti- SP, Valinhos- SP, Várzea Paulista-SP, Vinhedo- SP, Votorantim- SP
Ribeirão Preto
Brodowski-SP, Jardinópolis-SP, Pitangueiras-SP, Pontal-SP, Ribeirão Preto-SP, Sales Oliveira-SP, Serrana-SP, Sertãozinho-SP
24/09/2017
Vale do Paraíba
Aparecida-SP, Atibaia-SP, Bertioga-SP, Bragança Paulista-SP, Caçapava-SP, Cachoeira Paulista-SP, Campos do Jordão-SP, Canas-SP, Caraguatatuba-SP, Cruzeiro-SP, Cunha-SP, Delfim Moreira-MG, Guaratinguetá-SP, Guarujá-SP, Igaratá-SP, Ilhabela-SP, Itanhaém-SP, Itatiaia-RJ, Jacareí-SP, Lavrinhas-SP, Lorena-SP, Mongaguá-SP, Pindamonhangaba-SP, Piquete-SP, Porto Real-RJ, Potim-SP, Pouso Alegre-MG, Praia Grande-SP, Quatis-RJ, Queluz-SP, Resende-RJ, Roseira-SP, Santa Rita do Sapucaí-MG, São José dos Campos-SP, Silveiras-SP, Taubaté- SP, Tremembé- SP
Santos
Cubatão-SP, Santos-SP, São Vicente-SP
29/10/2017
Interior do RJ
Angra dos Reis-RJ, Aperibé-RJ, Araruama-RJ, Areal-RJ, Armação dos Búzios-RJ, Arraial do Cabo-RJ, Barra do Piraí-RJ, Barra Mansa-RJ, Bom Jardim-RJ, Bom Jesus do Itabapoana-RJ, Cabo Frio-RJ, Cambuci-RJ, Campos dos Goytacazes-RJ, Cantagalo-RJ, Carapebus-RJ, Cardoso Moreira-RJ, Carmo-RJ, Casimiro de Abreu-RJ, Comendador Levy Gasparian-RJ, Conceição de Macabu-RJ, Cordeiro-RJ, Duas Barras-RJ, Engenheiro Paulo de Frontin-RJ, Iguaba Grande-RJ, Itaguaí-RJ, Italva-RJ, Itaocara-RJ, Itaperuna-RJ, Japeri-RJ, Laje do Muriaé-RJ, Macaé-RJ, Macuco-RJ, Mangaratiba-RJ, Mendes-RJ, Miguel Pereira-RJ, Miracema-RJ, Natividade-RJ, Nova Friburgo-RJ, Paracambi-RJ, Paraíba do Sul-RJ, Paraty-RJ, Paty do Alferes-RJ, Petrópolis-RJ, Pinheiral-RJ, Piraí-RJ, Porciúncula-RJ, Queimados-RJ, Quissamã-RJ, Rio Bonito-RJ, Rio Claro-RJ, Rio das Flores-RJ, Rio das Ostras-RJ, Santa Maria Madalena-RJ, Santo Antônio de Pádua-RJ, São Fidélis-RJ, São Francisco de Itabapoana-RJ, São João da Barra-RJ, São José de Ubá-RJ, São José do Vale do Rio Preto-RJ, São Pedro da Aldeia-RJ, São Sebastião do Alto-RJ, Sapucaia-RJ, Saquarema-RJ, Seropédica-RJ, Silva Jardim-RJ, Sumidouro-RJ, Teresópolis- RJ, Trajano de Moraes-RJ, Três Rios-RJ, Valença- RJ, Varre- Sai- RJ, Vassouras- RJ, Volta Redonda-RJ
Vitória
Cariacica-ES, Fundão-ES, Guarapari-ES, Serra-ES, Viana- ES, Vila Velha-ES, Vitória- ES
26/11/2017
São José do Rio Preto e Bauru
Altair-SP, Bady Bassitt-SP, Bauru-SP, Cedral-SP, Ipiguá-SP, Jaci-SP, Mendonça-SP, Mirassolândia-SP, Mirassol-SP, Neves Paulista-SP, Onda Verde-SP, Piratininga-SP, Presidente Alves-SP, São José do Rio Preto-SP
Presidente Prudente
Adamantina-SP, Alfredo Marcondes-SP, Álvares Machado-SP, Anhumas-SP, Caiabu-SP, Emilianópolis-SP, Flora Rica-SP, Flórida Paulista-SP, Indiana-SP, Inúbia Paulista-SP, Irapuru-SP, Junqueirópolis-SP, Lucélia-SP, Mariápolis-SP, Martinópolis-SP, Mirante do Paranapanema-SP, Narandiba-SP, Osvaldo Cruz-SP, Piquerobi-SP, Pirapozinho-SP, Pracinha-SP, Presidente Bernardes-SP, Presidente Prudente-SP, Regente Feijó-SP, Ribeirão dos Índios-SP, Sagres-SP, Santo Anastácio-SP, Santo Expedito-SP, Tarabai- SP
01/07/2018
Manaus
Careiro da Várzea-AM, Iranduba-AM, Manaus-AM
Belém
Ananindeua – PA, Barcarena- PA, Belém- PA, Benevides- PA, Bujaru- PA, Marituba- PA, Ponta de Pedras-PA, Santa Bárbara do Pará-PA, Santa Isabel do Pará-PA
São Luís
Alcântara-MA, Bacabeira-MA, Bacurituba-MA, Icatu-MA, Paço do Lumiar-MA, Raposa-MA, Rosário-MA, São Bento-MA, São José de Ribamar-MA, São Luís-MA
29/07/2018
Natal
Arês-RN, Brejinho-RN, Ceará-Mirim-RN, Extremoz-RN, Ielmo Marinho-RN, Lagoa de Pedras-RN, Macaíba-RN, Maxaranguape-RN, Monte Alegre-RN, Natal-RN, Nísia Floresta-RN, Parnamirim-RN, Santa Maria-RN, São Gonçalo do Amarante-RN, São José de Mipibu-RN, Serra de São Bento-RN, Tibau do Sul-RN, Vera Cruz-RN
João Pessoa
Alhandra-PB, Bayeux-PB, Cabedelo-PB, Conde-PB, Cruz do Espírito Santo-PB, João Pessoa-PB, Lucena-PB, Marcação-PB, Mari-PB, Riachão do Poço-PB, Santa Rita-PB, Sapé-PB, Sobrado-PB
Maceió
Atalaia-AL, Barra de Santo Antônio-AL, Barra de São Miguel-AL, Coqueiro Seco-AL, Maceió-AL, Marechal Deodoro-AL, Messias-AL, Paripueira-AL, Pilar-AL, Rio Largo-AL, Santa Luzia do Norte-AL, São Miguel dos Campos-AL, Satuba-AL
Aracaju
Aracaju-SE, Areia Branca-SE, Barra dos Coqueiros-SE, Divina Pastora-SE, Itaporanga d’Ajuda-SE, Laranjeiras-SE, Malhador-SE, Maruim-SE, Nossa Senhora do Socorro-SE, Pirambu-SE, Rosário do Catete-SE, Santa Rosa de Lima-SE, Santo Amaro das Brotas-SE, São Cristóvão-SE, Siriri-SE
Teresina
Demerval Lobão-PI, Nazária-PI, Teresina- PI, Timon- MA,
26/08/2018
Campo Grande
Campo Grande-MS, Terenos- MS
Cuiabá
Cuiabá-MT, Nossa Senhora do Livramento-MT, Santo Antônio do Leverger-MT, Várzea Grande-MT
Palmas
Barrolândia – TO, Palmas- TO, Porto Nacional-TO
25/11/2018
Porto Velho
Candeias do Jamari-RO, Porto Velho-RO
Macapá
Macapá-AP, Mazagão-AP, Santana-AP
Rio Branco
Rio Branco-AC, Senador Guiomard-AC
Boa Vista
Boa Vista-RR, Cantá-RR, Mucajaí-RR
Demais Cidades
Demais cidades não listadas acima

     O governo adiou a morte da TV analógica pelo menos duas vezes. No início, a previsão era que a transição para o sinal digital ocorreria integralmente em 2016. Depois, o Ministério das Comunicações havia previsto que Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro teriam o sinal desligado já na primeira metade de 2015, o que não vai acontecer.
    De acordo com o Ministério das Comunicações, é necessário que no mínimo 93% dos domicílios do município estejam aptos a captar o sinal de TV digital no momento do switch-off, respeitando o prazo final de 31 de dezembro de 2018.
     Pelo menos 360 dias antes da data prevista para o desligamento do sinal analógico no município, a Anatel deverá promover uma campanha publicitária na TV aberta para informar a população. Na região metropolitana de São Paulo, a partir de 21 de maio de 2015, as emissoras exibirão periodicamente um símbolo no canto da tela para informar que o telespectador está vendo a programação pela TV analógica.
     Além disso, é a Anatel que será responsável por distribuir set-top-boxes gratuitamente para famílias cadastradas no Bolsa Família. Esses conversores deverão suportar recursos de interatividade (por meio do Ginga) e acessibilidade.


domingo, 24 de maio de 2015

Mercado de dispositivos móveis na China está estagnado


     O mercado chinês de smartphones é atualmente o maior do mundo, tendo ultrapassado o norte-americano em 2011. Considerando que ele é o país mais populoso do mundo as empresas sempre deram uma atenção maior a ele, pois qualquer lançamento bem-sucedido por lá representa uma marca considerável em seu market share.
     Só que esses tempos estão passando. Segundo uma pesquisa da IDC a venda de dispositivos móveis na China está começando a cair, e por um motivo bem simples: não há mais para quem vender.
     Os números apurados mostram uma queda nas vendas de smartphones de 4,3% no primeiro trimestre de 2015 se comparado com o mesmo período do ano passado, algo que não acontece desde 2009. De acordo com Tom Kang, diretor da Counterpoint o mercado mobile da China atingiu o ponto de estagnação: 90% dos cidadãos do país possuem ao menos um smartphone, portanto a queda simboliza que aqueles interessados em utilizar um dispositivo móvel já possuem um. “A China se tornou um mercado mobile de substituição”, diz Kang.
     A verdade é que esse cenário é uma realidade em muitos países: nem todo mundo tem dinheiro ou disposição para trocar de smartphone todos os anos como os fabricantes, sem exceções gostariam que seus clientes fizessem. Mas como se trata da China e seus mais de dois bilhões de habitantes, sem contar que hoje ele é um mercado fortíssimo a retração nas vendas irá de fato causar preocupação.
     O que as empresas terão que fazer a partir de agora? Desenvolver novas estratégias não para atender um novo usuário, mas para convencer o que está feliz e satisfeito com seus smartphone a trocar por um aparelho mais moderno. Nisso a Apple leva certa vantagem por ser a marca dominante naquele mercado: o campo de distorção da realidade, embora mais fraco nos últimos anos ainda funciona razoavelmente bem na China, ainda mais se considerarmos a evolução do iPhone 5 para o 6 e 6 Plus como um upgrade radical, algo que justifique a troca dos dispositivos.
     Já para os fabricantes de Androids, como a Samsung e as empresas locais Xiaomi e Lenovo a coisa é um pouco mais complicada: o market share chinês se divide entre dispositivos de ponta e low-end extemamente baratos, modelos intermediários não tem muita saída e, portanto, se focar nessa linha de produtos é um mau negócio por lá. Nisso, consumidores de aparelhos mais baratos são tradicionalmente menos propensos a trocarem de aparelho com frequência.
     Em todo caso é bom ficarmos de olho no que acontece hoje na China, pois se mesmo com altas vendas o mercado de lá está se retraindo, é fato que veremos o fenômeno se repetir em outros lugares muito em breve.

Fonte: WSJ.

sábado, 23 de maio de 2015

Aparelhos eletrônicos poderão ser usados em voos no espaça aéreo americano


     Passageiros de companhias aéreas americanas poderão usar seus dispositivos durante todo o voo nos EUA. Uma decisão judicial determinou que aparelhos eletrônicos, como notebooks, smartphones e tablets, poderão ser usados em aviões, inclusive durante a decolagem e o pouso.
     Em outubro de 2013, a FAA (Federal Aviation Authority, autoridade federal da aviação nos EUA) já havia determinado que o uso de aparelhos eletrônicos não deveria ser restringido em nenhum momento do voo. No entanto, a AFA (Association of Flight Attendants, associação dos atendentes de voo dos EUA) recorreu à decisão da FAA.
     Segundo a Associação, a FAA não havia cumprido os procedimentos legais adequados ao tomar sua decisão. Os atendentes de voo argumentaram também que o uso de tais dispositivos durante a decolagem e a aterrissagem poderia distrair os passageiros dos avisos de segurança que eram dados nesse momento.
     No fim de semana, no entanto, a corte do distrito de Columbia decidiu contra a AFA (e a favor do uso irrestrito de dispositivos eletrônicos durante o voo). Na decisão judicial, a corte argumenta que a FAA agiu dentro de sua autoridade. Cabe lembrar, no entanto, que a decisão foi tomada nos Estados Unidos.
     A EASA (Agência Europeia de Segurança da Aviação Civil) já havia liberado o uso de dispositivos móveis em setembro do ano passado na Europa (2014). Mas as companhias precisam realizar estudos próprios de segurança e fazer o pedido formal de liberação. No Brasil, a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) também tomou uma decisão semelhante em outubro de 2014. As companhias devem receber em breve uma autorização para que os celulares possam ser usados em todas as fases do voo em território brasileiro.