Nada de Spartan, o novo navegador da Microsoft se chamará Edge


     É oficial: o novo navegador da Microsoft, conhecido até agora como Project Spartan, se chamará Microsoft Edge. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (29) durante a Build, conferência para desenvolvedores que acontece em San Francisco. O Microsoft Edge substituirá o Internet Explorer e virá como navegador padrão do Windows 10, que será lançado nos próximos meses.
     O Microsoft Edge carrega o nome de seu motor de renderização, EdgeHTML. Entre as novidades do navegador estão a integração nativa com a assistente pessoal Cortana; a interface minimalista, que segue a tendência iniciada com o Chrome; e recursos como anotações à mão e modo de leitura.
    Pelo menos nos Estados Unidos, a Cortana terá diversas utilidades no Microsoft Edge. Ao digitar “previsão do tempo”, as condições climáticas locais serão exibidas diretamente na barra de endereço. Se você estiver acessando o site de um restaurante, por exemplo, dá até para perguntar à Cortana as instruções para chegar até o endereço desse estabelecimento.
     Mas isso será suficiente para convencer usuários de outros navegadores a experimentarem o Microsoft Edge? Não sei, mas a Microsoft pretende facilitar bastante essa migração: o novo navegador suportará extensões portadas do Chrome e Firefox.
     Os recursos legados do Internet Explorer, como o suporte aos temidos plugins ActiveX, não serão suportados pelo Microsoft Edge. As empresas que ainda dependem de tecnologias antigas poderão usar o Internet Explorer, que continuará disponível como um navegador secundário no novo sistema operacional.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Olli, um ônibus elétrico reciclável

Uber entra em guerra contra seus concorrentes