Pin It button on image hover

O Blog do Bega

Sobral, onde a luz fez a curva.

domingo, 9 de novembro de 2014

Adeus aos televisores de plasma

     Embora muita gente ainda prefira as boas e velhas TVs de plasma aos modelos LED e OLED, é um fato que a tecnologia não só está ultrapassada como não está ornando: a baixa margem de lucro não compensa sua produção e gradativamente as companhias estão adotando as últimas como padrão, abrindo mão do plasma.
     Depois de Samsung e Panasonic desistirem do formato, a LG, a terceira e última grande fabricante de TVs revelou que também encerrará a produção de TVs de plasma até o fim de novembro.
     O principal motivo é a queda violenta da demanda. É evidente que as fabricantes têm reduzido e muito a oferta do produto e dado preferência às TVs OLED, mas em 2013 o formato representou pífios 2,4% da receita anual da categoria. Isso é um número que para ser ridículo precisa melhorar muito. Embora o porta-voz Ken Hong tenha afirmado que “a LG segurou o quanto pôde” e que “o formato plasma deixou de ser um negócio”, o fato é que a tecnologia é limitada. Embora seja de fato a tela com o melhor contraste, os problemas de limitação da resolução afetam a produção em larga escala em um mundo que começa a consumir telas 4K a rodo.
     Analistas também apontam para um problema que hoje em dia é quase um pecado capital: o plasma consome mais energia. Isso e o problema de esquentar mais do que uma TV OLED acaba depondo contra a manutenção do formato. Em outubro de 2013 a Panasonic pulou fora do mercado, seguida pela Samsung em julho deste ano. Em verdade era questão de tempo para a LG fazer o mesmo.
Postar um comentário