Pin It button on image hover

O Blog do Bega

Sobral, onde a luz fez a curva.

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Teoria para perturbar o seu juízo


    Algo que exista fisicamente deve estar presente durante um período de tempo. Assim como a um objeto não pode faltar comprimento, largura ou profundidade, precisa de duração. Algo que não existe por qualquer uma quantidade de tempo, não existe de fato.
     De acordo com o niilismo universal, o passado e o futuro não ocupam nenhum momento dentro do presente. Além disso, é impossível quantificar a duração do que chamamos presente. Qualquer quantidade de tempo que se atribui ao presente pode ser temporariamente dividida em partes de passado, presente e futuro. Se o presente é de um segundo, em seguida, o segundo pode ser dividido em três partes. A primeira parte é o passado, a segunda parte é o presente e a terceira é o futuro. A terceira parte, de um segundo, que é agora considerado o presente, pode ser ainda dividido em mais três partes. Esta divisão pode ocorrer indefinidamente. Portanto, o presente nunca pode existir verdadeiramente, uma vez que nunca ocupa uma duração de tempo. O Niilismo Universal usa esse argumento para afirmar que nada existe.
Postar um comentário