Pin It button on image hover

O Blog do Bega

Sobral, onde a luz fez a curva.

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Conheça o Jeju Island, um restaurante chinês onde mulher bonita não paga, mas come


  Imagine você que existe um restaurante onde gente bonita come de graça. O estabelecimento fica na China. Trata-se do Jeju Island, um restaurante coreano localizado na cidade de Zhengzhou, na China. Ali, as pessoas estão autorizadas a fazer um belo rango, totalmente grátis, desde que seus rostos estejam entre os cinco mais bonitos do dia. Lá fora, uma grande placa desafia os passantes: “refeição grátis para os mais bonitos”.
     Mas espere só até saber como é feito o “julgamento”. Os juízes são escolhidos num painel de cirurgiões plásticos locais. Todos aqueles que desejam ganhar uma refeição grátis são levados para uma “área de análise de beleza”, onde são fotografados por uma máquina que parece um caixa eletrônico.
     Os médicos avaliam então os potenciais clientes sobre a qualidade dos seus rostos, olhos, narizes e bocas.
     O score final diz se a pessoa é bonita o suficiente para ganhar a refeição grátis.
     Relatos indicam que testas salientes têm preferência especial entre a banca julgadora de beleza. Pela regra do restaurante, somente os cinco mais bonitos ganham a conta liberada. Os padrões de pontuação são exibidos publicamente no segundo andar do restaurante. Os mais bonitos ganham um cupom especial que dá direito ao rango gratuito.
     A estratégia bizarra foi bem sucedida, levando muita gente ao restaurante, e de quebra, também o colocou nos holofotes da mídia. O povo fez muita piada, dizendo que numa evolução do negócio, gente muito feia ia ter que pagar a conta duas vezes. A atração por gente bonita também levou muitas pessoas ao restaurante para ver as “beldades”.
     Mas nem todos curtiram a ideia. Autoridades Zhengzhou, não se divertiam com as táticas do restaurante. Eles acusaram a iniciativa de danificar a imagem da cidade e disse que a grande placa luminosa do estabelecimento não foi oficialmente autorizada. A placa foi finalmente retirada na terça-feira, após equipes de guardas de segurança e os trabalhadores da prefeitura fazerem a sua remoção.
     Apesar do contratempo, Xue Hexin, o gerente do restaurante disse que a remoção do sinal não implica que o conceito “pague com sua beleza” será interrompido.
     “Vamos ser mais prudente com nossa publicidade no futuro”, disse. “Mas a promoção vai continuar, apesar da demolição do nosso luminoso.”





Postar um comentário