Em um futuro próximo, poderemos ter cimento condutor de energia


       Ao menos, o primeiro passo para a inovação já foi dado, e no futuro poderemos ter peças e até mesmo circuitos feitos de cimento, graças a um projeto desenvolvido por um grupo de cientistas do mundo todo.
     Um grupo formado por pesquisadores do Japão, Estados Unidos, Finlândia e Alemanha do Argonne National Laboratory conseguiu um feito até então inédito, que pode mudar muito a utilização de materiais para criar aparelhos e gadgets movidos a energia elétrica. O aquecimento de um composto de cimento a 2.000°C conseguiu transformar o material em um metal com textura similar ao vidro.
     Caso o processo evolua, podemos ter no futuro smartphones e televisores com circuitos resistentes à corrosão. O processo para se fazer um aparelho com cimento ainda está bem distante, mas já é possível projetar uma curva de evolução para chegar a este ponto. “Este novo material tem muitas aplicações, incluindo resistores de película fina, usados ​​em telas de cristal líquido, como o monitor de tela plana onde você deve estar lendo isso agora”, afrima no estudo o físico Chris Benmore.
     Para chegar ao resultado final, a equipe precisou suspender os materiais em uma superfície usando pressão de gases, conseguindo acompanhar todo o processo de resfriamento do cimento. Um dos empecilhos para a evolução dessa tecnologia ainda é o impacto ambiental: apesar de interessante, consome-se muita energia no processo de aquecimento.

Comentários