Pin It button on image hover

O Blog do Bega

Sobral, onde a luz fez a curva.

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Qual o melhor set-top Box? Chromecast, Apple TV ou Nexus Player?

     As smarts TVs são desejadas por muitas pessoas, mas com preços elevados, são os set-top boxes que ganham o gosto da maioria. Dispositivos como o Chromecast, o Apple TV e o Nexus Player estão conquistando o mercado. Mas qual deles é a melhor opção?

Design: Empate



    A Apple é sinônimo de design excelente, e com o Apple TV não é diferente. Pequeno, cabendo na palma da mão, elo esconde uma máquina poderosa de streaming de conteúdo por dentro e pode ser colocado elegantemente sobre o rack da sala.



     O Nexus Player também tem seu charme, exibindo um design circular que, embora ocupe um pouco mais de espaço, é certamente diferente de outros set-top boxes que optam pelo formato quadrado. Ambos são vendidos na cor preta.



     Já o Chromecast não se destaca exatamente pelo visual, mas suas dimensões reduzidas o permitem ficar imperceptível atrás da TV, conectado via HDMI e USB. Além disso, ele pode ser levado a qualquer lugar sempre que desejado, bastando configurá-lo na rede Wi-Fi nova em menos de cinco minutos.

Interface: Chromecast

     Apple TV e Nexus Player usam uma interface própria em tela cheia na TV para mostrar o conteúdo ao usuário, e a melhor aparência recai em uma questão de gosto. Enquanto o gadget da Apple mostra uma lista de apps e conteúdo que se assemelha com apps de streaming como Netflix, o Nexus exibe o Material Design, que se assemelha com a versão utilizada em smartphones a partir do Android 5.0.
     Mas, é o Chromecast que leva esse quesito por sua extrema facilidade de uso. Afinal, o usuário não precisa aprender a manusear nada novo, pois os aplicativos compatíveis no celular ganham somente um botão extra, caso haja um Chromecast na rede: daí basta pressionar para começar a visualizar vídeos na tela grande da sala.

Conectividade: Apple TV

     Chromecast e Nexus Player têm um grande defeito: eles só funcionam com conexão Wi-Fi. Ao contrário da Apple TV, que pode ser conectada a um cabo Ethernet, os dispositivos do Google tendem a sofrer com instabilidade da rede, nada bom na hora de fazer streaming de vídeos em alta qualidade.
Armazenamento: Apple TV e Nexus Player
    O Chromecast é o derrotado no quesito armazenamento porque ele não tem virtualmente nenhum espaço para guardar arquivos. Na verdade, ele vem acompanhado de uma memória pequena onde armazena o cache dos streamings que faz, mas não é possível salvar conteúdo para ver off-line – o usuário deve fazê-lo no celular ou tablet e transmitir via Wi-Fi para ele.
     Apple TV e Nexus Player são melhores porque contam com até 8 GB de espaço disponível para salvar conteúdo, o que não é muito mas já ajuda a quem prefere baixar filmes e séries para assistir depois.

Preço e disponibilidade: Chromecast

     O grande ponto positivo do Chromecast é, certamente, o preço. Vendido no Brasil por menos de R$ 200, ele é muito mais barato que a Apple TV, comercializada no site oficial por R$ 400. O Nexus Player é mais difícil de ser encontrado, pois normalmente é vendido nos EUA via Play Store. Sem previsão de chegada no Brasil, ele é comercializado no exterior por US$ 100 (o equivalente a R$ 258 em conversão direta).

Conclusão

     Apple TV e Chromecast são os melhores da disputa porque são muito bons no que fazem e são destinados a consumidores diferentes. Se você quiser um aparelho com controle remoto e conexão à Internet via cabo, adquiria o primeiro, porque é mais completo. Já para consumidores que preferem portabilidade e não querem gastar muito, o Chromecast é o mais indicado.
     O Nexus Player tem muito potencial para ser melhor que os concorrentes, mas, por enquanto, ainda está em desvantagem. Como ele ainda não chegou ao Brasil, ele tende a ser comprado somente pelos chamados early-adopters (experimentadores), e seu apelo por aqui dependerá muito do preço a ser praticado.
Postar um comentário