Pin It button on image hover

O Blog do Bega

Sobral, onde a luz fez a curva.

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

A farsa do Monstro do Lago Ness


     A foto mais famosa do monstro do Lago Ness foi desmascarada em 1993, 60 anos após ter sido feita. O “monstro marinho” era, na verdade, “um pouco de plástico, um relógio, folha de flandres e um submarino de brinquedo”. O bicho foi inventado por Christian Spurling. Aos 93 anos de idade, Spurling admitiu que tinha criado o falso Nessie a mando de seu padrasto, Marmaduke Wetherell, que queria a imagem como vingança.
     Em 1933, o jornal Daily Mail contratou Wetherell para registrar o monstro de Ness. Logo depois de chegar ao lago, Wetherell encontrou algumas pegadas estranhas de uma criatura de quatro dedos na lama perto da água. Wetherell fez moldes de gesso e as enviou para o Museu de História Natural de Londres.
     Enquanto o mundo aguardava a análise do Museu, centenas de caçadores de monstros e turistas apareceram na região. Infelizmente, depois de algumas semanas, o museu anunciou que as pegadas não eram as de um monstro desconhecido, mas de um hipopótamo. Aparentemente, Wetherell havia sido enganado. Também havia marcas feitas por um guarda-chuva ou cinzeiro. O Daily Mail ficou indignado e ridicularizou e humilhou Wetherell.
Postar um comentário