Pin It button on image hover

O Blog do Bega

Sobral, onde a luz fez a curva.

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Estudo indica que as redes sociais fazem mais mal que bem


          Isso não deve lhe surpreender, mas mais um estudo surge no horizonte para afirmar que as redes sociais te deixam mais deprimido do que feliz. Desta vez, a análise vem da Itália, utilizando como fonte 50 mil pessoas que foram consultadas entre 2010 e 2011.
     Os voluntários responderam à pesquisa, feita pelo Instituto Nacional Italiano de estatísticas (como o Ibope deles), sobre bem-estar e a maneira como utilizam a internet. Ao qualificar de 0 a 10 o contentamento com suas vidas, comentar com que frequência veem seus amigos, se eles acham as pessoas confiáveis e seu uso de Twitter e Facebook, eles permitiram aos pesquisadores correlacionar as coisas e tirar algumas conclusões.
     Eles descobriram que, quanto mais relações você tem pessoalmente, mais você confia nas pessoas e maior é seu bem-estar. Já quando você tem mais relações que não são ao vivo, ou seja, pela internet, a confiança diminui e o bem-estar também é afetado.
     Os pesquisadores ainda culpam a discriminação e os discursos de ódio, tão comuns nas redes sociais, por diminuírem a felicidade das pessoas. A solução para isso, eles sugerem, melhorar a moderação do conteúdo, no caso do Facebook e do Twitter, dá para interpretar como escolher melhor as pessoas que você segue.
     A grande diferença entre este estudo e outros que já foram feitos é sua representatividade: 50 mil indivíduos é uma amostra bem mais interessante e que traz um resultado mais próximo do real do que um grupo de algumas centenas.
Postar um comentário