Pin It button on image hover

O Blog do Bega

Sobral, onde a luz fez a curva.

sexta-feira, 6 de março de 2015

LG lança o Urbane LTE, o primeiro smartwatch com 4G


       A LG acha que faz mais sentido lançar um smartwatch para cada situação. O G Watch R, por exemplo, é um excelente dispositivo no ponto de vista do visual, voltado para situações mais informais para compor um estilo mais esportivo, embora seja bem bonito.
     Às vésperas da Apple apresentar seu próprio reloginho esperto, os sul-coreanos julgaram que precisam também de um modelo mais formal e assim surgiu o LG Urbane, com estilo mais clássico para pessoas mais refinadas e situações em que um relógio mais tradicional é um adereço mais interessante.
     Só que não parou por aí. A LG resolveu que só isso não bastava e apresenta agora uma nova versão chamada LG Urbane LTE, o primeiro dotado com 4G.
     Há algumas coisas a destacar aqui. Primeiro, a decisão em adicionar conectividade 4G/LTE em um relógio esperto. Muita gente reclama com razão do fato que os atuais smartwatches serem apenas extensões do smartphone, só que daí a conseguir um aparelho completamente funcional e independente (como o relógio do Dick Tracy ou o da Penny) é algo bastante complicado de se fazer. Tentativas anteriores não deram muito certo por inúmeros fatores.
     O que a LG fez foi criar um meio-termo. O Urbane LTE possui algumas diferenças estéticas em comparação ao Urbane normal (mais botões de ação e visual levemente mais esportivo), mas a principal está em seu software: sai Android Wear, entra o chamado LG Wearable Platform, baseado no webOS. O 4G do aparelho, em conjunto com conectividade NFC transforma o smartwatch em uma carteira de pulso, habilitando-o a realizar pagamentos de forma automática.
     Ele possui inclusive um microfone, habilitando-o a realizar ligações de curta duração até porque não dá para sustentar uma conversa de longa duração. Claro, conexões Bluetooth e Wi-Fi acompanham o bichinho, que é equipado com um SoC Snapdragon 400, quad-core com clock de 1,2 GHz; 1 GB de RAM, 4 GB de espaço interno e bateria de 700 mAh, diferente do modelo formal que apesar de contar com o mesmo chip, possui apenas 512 MB de RAM e bateria de 410 mAh.
     Não há previsão de lançamento e nem quanto ele custará, mas é certo que não será barato. A questão é: você estaria disposto a adquirir um relógio esperto independente e arcar com outra conta 4G, só para não ter que tirar o celular do bolso?

Fonte: 9to5G.
Postar um comentário