General Eletric lança lâmpada LED inteligente


     O objetivo de quem compra uma lâmpada LED para iluminar um cômodo é que ela dure bem mais que uma lâmpada fluorescente compacta. Há teorias conspiratórias sobre a existência de lâmpadas incandescentes que conseguem durar 100 anos, mas acho óbvio que empresas como a Philips e a OSRAM não gostariam nada de que algo assim viesse a público. Até porque pegaria mal para a Philips, que quer vender a eficiente lâmpada TLED prometendo economizar bastante energia durante a respectiva vida útil do componente.
     Semana passada a General Electric do Thomas Edison entrou na briga das lâmpadas LED inteligentes apresentando a marca GE Link, e promete dar trabalho a concorrentes como a Philips HUE pois os preços anunciados estão bem mais em conta. A pré-venda da GE Link começou segunda, dia 30, exclusivamente na loja Home Depot e os preços começam em apenas US$ 15 para a lâmpada equivalente à incandescente de 60 W.
     Detalhe que a linha HUE da Philips já está no mercado há dois anos e o pacote mais básico (três lâmpadas + hub que faz a conectividade com o smartphone) custa US$ 199 (algo em torno dos 1.299 reais segundo a filial brasileira) enquanto o mesmo kit da General Electric com uma lâmpada a menos sai a 49 dólares na pré-venda.
     O hub da GE Link foi feito em colaboração com a Quirky, uma empresa de design que administra o aplicativo Wink para iOS e Android. Ainda antes do lançamento oficial do GE Link em setembro o app terá atualização oficial para ser compatível com tais lâmpadas.
     De acordo com o CNet, a lâmpada mais barata foi feita para durar até 25.000 horas gastando 12 Wh ao emitir uma luz com temperatura de cor 2.700 K (amarelada) de 800 lúmens, são 67 lúmens por watt. Nada mal, em teoria pode realmente iluminar tão bem um cômodo pouco maior que 10 m² quanto uma fluorescente compacta de 15 W, isso segundo a concorrente Philips.

Comentários