Cuidado com o que você pensa! Aparelho pode ler sua mente


    Ler mentes já é possível e não custa muito, graças a uma tecnologia que está sendo considerada por especialistas a próxima revolução depois do Oculus Rift e do Google Glass. O Brainwriter, criado pela startup americana Not Impossible, permite escrever e até desenhar em um computador utilizando rastreamento ocular e leitura de ondas cerebrais.
     O dispositivo funciona com um pequeno eletroencefalograma (EEG) junto a uma série de sensores e placas construídas em uma faixa para cabeça parecida com as usadas por tenistas. A tecnologia permite ainda que o usuário mova o ponteiro do mouse e marque e desmarque opções em um formulário sem utilizar as mãos.
     A tecnologia wearable vai muito além de smartwatches e pulseiras fitness. Conforme o conceito vai se popularizando, novos produtos vão se tornando acessíveis, e um dos principais públicos que vão se beneficiar serão os portadores de necessidades especiais.
     Em 2013, o brasileiro Miguel Nicolelis – mesmo cientista por trás do exoesqueleto que deu o chute inicial na Copa do Mundo -, publicou um estudo no qual um macaco conseguia mover dois braços mecânicos por ondas cerebrais. O problema, até então, era que esses projetos estavam restritos aos laboratórios e custavam uma fortuna.
     O Brainwriter, no entanto, é open source, ou seja qualquer pessoa pode ajudar no desenvolvimento. Outro fator é o preço. Por apenas US$ 200, cerca de R$ 445 é possível adquirir um kit com as peças.

Comentários