Avião cruza Estados Unidos usando energia solar


     Novas fontes de energia têm sido um desafio muito estudado nos últimos tempos. A preferência quase sempre são as limpas e renováveis, como a energia solar, combustível do qual o avião Solar Impulse faz uso. Ele, desenvolvido por engenheiros da Schindler e do grupo químico belga Solvay, levantou voo na manhã desta sexta-feira, na região de San Francisco, no estado americano da Califórnia.
     O plano é que o avião atravesse o planeta inteiro utilizado apenas a energia solar como fonte, se tornando o primeiro do mundo. Mas, por hora, ele cruzará apenas os Estados Unidos. As paradas programadas são um estado vizinho da Califórnia, o Arizona, em um voo que deve durar entre 15 e 20 horas. Depois ele irá para Dallas, St. Louis, Washington, chegando daqui dois meses ao aeroporto John F. Kennedy, na cidade de Nova York, seu destino final.
     O projeto que, além de ser uma forma de tornar as marcas investidoras e desenvolvedoras mais renomadas no mercado, tem como objetivo promover o uso das chamadas energias limpas. Ele custou cerca de US$ 112 milhões, de acordo com o Terra, e teve início há 10 anos, em 2003.





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Uber entra em guerra contra seus concorrentes