Pin It button on image hover

O Blog do Bega

Sobral, onde a luz fez a curva.

segunda-feira, 29 de abril de 2013

A carta de Gandhi para Hitler

     


     A carta abaixo está preservada no Gandhi Museum, Mani Bhavan, em Mumbai,  mas tenha certeza que Gandhi nunca recebeu uma resposta. A carta convida  Hitler a reconsiderar suas políticas que levariam à guerra e é por demais respeitosa no tom.  O que é particularmente interessante nesta essa carta é a redação quase infantil com que foi escrita. Gandhi, na verdade, está querendo dizer a Hitler que parar é simplesmente fácil assim. Gandhi habilmente contorna a questão sobre o que podem ser as causas subjacentes de ações possíveis, mas assinala que suas consequências serão, em termos inequívocos, nefastos ao futuro de Hitler.
     Algumas contextualizações históricas são necessárias aqui. A carta foi escrita em 27 de agosto de 1939. Hitler já tinha anexado a Áustria no ano anterior. A região dos Sudetos da Tchecoslováquia tinha sido concedida e o resto do país infelizmente havia sido invadido e dividido em duas partes em março de 1939. Pode ter sido depois disso que Gandhi foi instado por seus amigos a escrever a carta para Hitler em uma tentativa de deter uma descida para uma guerra.
     No entanto, a carta provavelmente não chegou na hora certa. A Segunda Guerra Mundial levou a vida de 75 milhões de pessoas.  Você poderia considerar a tentativa de Gandhi uma intervenção conciliatória, ingênua por assim dizer. No entanto, deve ser lembrado que a verdadeira extensão do mal nazista ainda não havia sido descoberta ou comprometida (todos sabiam que as atitudes de Hitler aos Judeus e outras minorias e etnias, mas ainda não tinha imaginado suas terríveis verdadeiras implicações). Também poderia ser uma surpresa ver Gandhi tratar Hitler como amigo. Era uma prática comum entre os índios, na hora de abordar as pessoas quando não sabiam como tratar. Apesar dos apelos de Gandhi, poucos dias após esta carta ser escrita, a Polônia foi invadida e o que Gandhi estava tentando evitar, persuadindo Hitler, aconteceu.


     
Postar um comentário