Vem aí a Fórmula E, uma Fórmula 1 com carros elétricos


     A Formula 1 pode ser o evento de corrida de veículos mais glamouroso do mundo, e que existe há décadas, mas os atuais motores 2,4 L V8 (que fazem 1,7 km por litro de combustível fóssil) não são exatamente os modelos mais preocupados com o meio ambiente. No ano que vem as equipes terão que adotar motores de 1,6 L V6 Turbo, mas ainda assim, a situação não deve mudar muito neste sentido.
     Para tentar experimentar uma competição mais “verde”, a FIA (Federation Internationale de l’Automobile) está se preparando para lançar a Formula E, que vai usar carros elétricos, muito parecidos com os veículos da Formula 1, e que também terá corridas em diversos circuitos ao redor do planeta.
     Cada escuderia terá dois pilotos e, já que carros elétricos não podem ter longo alcance com a mesma carga de baterias, eles vão se revezar durante as recargas que devem acontecer no decorrer da corrida. Isso deve fazer dos pitstops algo interessante.
     Segundo a FIA, os carros poderão acelerar de 0 a 100 km/h em menos de três segundos, então qualquer pensamento de que isso será como uma corrida de carrinhos de golf deve ser prontamente descartado. E falamos sobre as semelhanças, mas aqui vai uma diferença importante: carros de Formula E, com pé embaixo, fazem menos barulho que um ônibus convencional.
     A corrida inaugural pode acontecer em Interlagos, no dia 13 de novembro de 2014. Depois disso, outras 12 corridas devem acontecer ao longo de 8 meses. Há planos para alocar duas delas nos Estados Unidos, sendo uma em Miami e outra em Los Angeles.
     Veja o vídeo promocional:


Comentários