O público pelo privado


     É incrível como as pessoas ocupam as passarelas públicas em Sobral para tirarem proveito pessoal. Sapateiro, carros, sucata, bicicletas, mercadorias, cadeiras, plantas e até fogueira para fazer torresmo são só alguns dos obstáculos que acabam jogando para a pista de rolamento os pedestres, que arriscam suas vidas no caótico trânsito sobralense. O da foto acima já teve a petulância de candidatar-se a vereador. Como pode representar o povo alguém que não reconhece a diferença entre o público e o privado?


Notem que o fogo está próximo a um caminhão cheio de combustível.








Um beco sem saída



Esse trocou o público pela "privada"


Comentários