Pin It button on image hover

O Blog do Bega

Sobral, onde a luz fez a curva.

sábado, 25 de abril de 2015

Universidade de Columbia desenvolve câmera sem bateria


     Uma nova tecnologia permite que câmeras digitais não precisem de baterias ou cargas em tomadas para funcionarem. A inovação é furto de uma pesquisa da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, que utiliza o próprio sensor do dispositivo para captar a luz solar e transformá-la em energia. O trabalho, que ainda está em andamento, já produziu um protótipo e pode revolucionar o futuro das câmeras.
     O sensor utilizado nas câmeras digitais comuns capta a luz dos ambientes e a transforma em imagens. A técnica criada pelos pesquisadores consiste em fazer com que cada pixel do sensor seja capaz de desempenhar tanto a função de captar as imagens como gerar energia. A inspiração veio das placas fotovoltaicas usadas para geração de eletricidade a partir da captação da luz solar.
     Até agora, O protótipo criado pelos engenheiros possui um sensor de imagem de 30 x 40 pixels que fica preso a uma caixa fabricada por uma impressora 3D. O dispositivo é capaz de gravar imagens em ciclos de 1 segundo.
     A grande sacada descoberta pelos pesquisadores foi desenvolver um sensor capaz de alterar automaticamente a função de captação de imagem e a geração de energia. A transformação da luz em eletricidade ocorre entre os intervalos da filmagem e ela precisa estar em local com boa iluminação para funcionar.
     Até chegar ao mercado, a câmera autossuficiente ainda precisa passar por testes e corrigir alguns problemas. A resolução das imagens feitas com o protótipo ainda não são das melhores, mas é só o início de uma pesquisa em desenvolvimento. No futuro, ela também deve conter uma bateria para permitir o seu funcionamento à noite.
     A pesquisa foi patrocinada pelo Office of Naval Research, órgão de fomento a inovação da Marinha dos Estados Unidos. Pode ser um indício que no futuro o dispositivo seja usado para fins militares.

Fonte: Columbia



Postar um comentário