Pin It button on image hover

O Blog do Bega

Sobral, onde a luz fez a curva.

segunda-feira, 21 de abril de 2014

Teoria da Conspiração - Avião da Malaysia Airlines pode estar numa base secreta dos EUA em Diego Garcia, uma ilha ao sul das Maldivas.


     A mais rebuscada teoria até agora sobre o que aconteceu realmente ao voo MH370 é da autoria de um jornalista freelancer. Mas, como todas as boas teorias da conspiração, faz algum sentido.
     Apesar dos vários detalhes difíceis de justificar na sua história, Jim Stone, jornalista independente, garante que um dos passageiros norte-americanos à bordo do Boeing 777 da Malaysian Airlines conseguiu enviar uma foto acompanhada de uma mensagem, com coordenadas GPS que localizam, alegadamente, o aparelho desaparecido na base militar norte-americana de Diego Garcia, numa ilha a sul das Maldivas, no Oceano Índico.  
     "Fui feito refém por militares depois de o meu voo ter sido sequestrado, Trabalho para a IBM e consegui esconder o meu telefone no rabo (sic) durante o sequestro. Fui separado dos outros passageiros e estou numa cela. O meu nome é Philip Wood. Acho que fui drogado e não consigo pensar com clareza". Terão sido estas as palavras gravadas pelo passageiro e transformadas em texto escrito pelo aparelho, um iPhone 5. A imagem, por seu lado, é completamente negra, mas, a partir das suas propriedades, Stone garante que é possível perceber as coordenadas GPS e especula que tenha sido tirada num local escuro.
     Esta não é a primeira teoria a colocar o MH370 em Diego Garcia. Há uma semana, um utilizador do YouTube partilhava na mesma rede a convição de que o avião desaparecido aterrissou na base militar no dia 8 de março, estacionando num hangar fechado para impossibilitar as comunicações com o exterior.
     Por outro lado, a 18 de março, um relato publicado no Malaysian Insider dava conta de que os dados recuperados do simulador de voo que o piloto tinha em casa mostravam várias simulações de aterrissagens em Diego Garcia.


Veja o vídeo:


Postar um comentário