Pin It button on image hover

O Blog do Bega

Sobral, onde a luz fez a curva.

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Descoberto na Bulgária anel que era usado para envenenar pessoas


     Arqueólogos descobriram um anel com uma cavidade escondida que eles acreditam poder ter sido usado para esconder veneno para assassinatos políticos na Bulgária medieval.
     O anel de bronze, que tem mais de 600 anos de idade, foi encontrado durante as escavações nas ruínas de Cabo Kailakra, onde os aristocratas da região de Dobrudja viveram durante o século 14.
     Autoridades locais disseram que mais de 30 outras peças de jóias foram encontradas no local - incluindo ornamentos de ouro, anéis de ouro e brincos de pérola - mas nenhum como o anel mais recentemente descoberto.
     Foi primorosamente trabalhado e deliberadamente esvaziado, e pode ter sido importado de Itália ou de Espanha, disse que a líder da escavação Bonnie Petrunova, vice-diretora do Museu Nacional de Arqueologia da Bulgária.
     Petrunova acredita que o anel teria sido usado no dedo mindinho da mão direita de um homem. O buraco teria permitido ao seu portador derramar secretamente o veneno num copo com o toque do seu dedo.
     De igual forma, a arqueóloga acredita que o anel pode estar ligada a Dobrotitsa, um nobre, que governou a região na segunda metade do século 14. "Isso explica muitas das mortes inexplicáveis ​​entre nobres e aristocratas perto de Dobrotitsa," afirmou Kavarna.



Postar um comentário