Cuidado! Conexões USB já não são mais seguras


     Utilizar o USB hoje em dia já é quase tão natural quanto escovar os dentes, por isso a notícia de que a segurança da conexão foi quebrada é tão alarmante.
     De acordo com um estudo reportado pela Wired, os especialistas Karsten Nohl e Jakob Lell conseguiram reverter a engenharia do firmware que controla a comunicação básica das funções do USB. Além disso, conseguiram colocar nela um malware chamado BadUSB, que quando instalado permite o acesso completo de um computador por outra pessoa, a alteração dos arquivos instalados em um pendrive ou HD externo de forma invisível e até o redirecionamento da internet do usuário.
     A descoberta dos pesquisadores é grave pois tem como alvo o firmware do chip implantado em cada dispositivo USB, utilizado para a conexão e troca de informações entre o computador e o produto. “Esses problemas não podem ser consertados. Estamos explorando a maneira em que o USB foi projetado”, disse Lell para a Wired
     Isso significa que uma vez feito, o “hack” de um USB dificilmente será reconhecido e poderá ser removido. Além disso, do mesmo jeito que um dispositivo pode infectar um computador, o PC pode passar o malware para outro aparelho e por aí vai, como um tipo de “Doença Tecnologicamente Transmissível”.
     Até o momento, não há formas de combater o problema e alguns usuários das fontes utilizadas pela Wired acreditam que a falha de segurança já esteja sendo usada pela NSA (Agência de Segurança dos EUA) há algum tempo. Por isso, a dica é: seja cauteloso(a) e não utilize dispositivos (incluindo pendrives, HDs externos, mouses, teclados e headsets) desconhecidos em seu computador ou coloque seus aparelhos em PCs que não sejam 100% confiáveis.


Comentários