O Primeiro Telefone Móvel


      Ninguém ficará surpreso se souber que o primeiro telefone móvel surgiu nos Estados Unidos. Mas sabiam que a primeira licença para um telefone móvel foi concedida à AT&T em 1946?
      A verdade é que os historiadores consideram que o primeiro telefone móvel surgiu apenas em 1947, ou seja um ano depois da licença, e apesar de não haver certezas sobre esse assunto, uma coisa é certa, os primeiros telefones móveis foram concebidos para funcionar em automóveis. Alimentados pela sua bateria e apanhando sinal de uma antena que cobria a área metropolitana das grandes cidades americanas.
     O sistema inicial funcionava sobre ondas de rádio, e dadas as diversas frequências que eram necessárias para operar vários telefones em simultâneo sem interferirem uns com os outros, a FCC (Federal Communications Commission) que regula as ondas hertzianas no espaço dos EUA optou por ceder antes as frequências do UHF a uma outra tecnologia chamada TV.

      A verdade é que os telefones existentes na altura tinham de procurar por uma frequência livre antes de operarem, funcionando um bocado como os Walkie Talkies, onde apenas um falava de cada vez. E o sistema era um bocadinho pesado… 34 KG… daí que só existissem em carros.
      Mas a AT&T não desistiu e batalhou nos anos 50 e 60, propondo adotar a tecnologia celular que hoje conhecemos, o que só foi formalizado em 1971.
      Com esta tecnologia os sistemas refinaram-se, mas mesmo assim, em 1976 a área de Nova Iorque apenas conseguia lidar com 576 telefones, o que mostra que a capacidade da rede era ainda um problema.
      Mas com novos sistemas experimentais cedidos à Motorola e à AT&T a situação começou a melhorar e em 1983 o sistema celular implementou-se definitivamente, sendo a AT&T o primeiro operador americano. Mas nessa altura a Celnet e a Vodafone nasciam igualmente no Reino Unido.
     Mas foi preciso aguardar por 1985 para vermos um telefone mais simplificado, apesar de manterem um grande peso, o que os mantinha nos carros.
     Foi só em 1989 que os telefones se tornaram realmente portáteis, com o icónico Motorola MicroTAC a se revelar uma revolução. (O famoso "tijolão")

Fonte: PCmanias

Comentários

giselle disse…
Lembro que você tinha um tijolão desses pai!

Postagens mais visitadas deste blog

Barbie Advogada

Geneticistas israelenses criam galinhas sem penas