Câmara aprova projeto que reduz impostos para produção de tablets no Brasil

 
Na tarde da última terça-feira (6/9), os deputados aprovaram o texto da Medida Provisória 534/11, que tem o intuito de estimular a produção de tablets no Brasil, a partir da isenção do PIS e Cofins incidentes sobre a venda de equipamentos fabricados localmente. O texto, que foi aprovado no formato de projeto de lei - escrito pela deputada Manuela D´Ávila - será analisado ainda pelo Senado.
O Ministério das Comunicações estima que, graças aos incentivos, os tablets produzidos no Brasil cheguem com um preço até 31% mais baixo para o consumidor.
   Além da Medida Provisória, o setor de tablets já tinha sido beneficiado por um decreto do governo federal, por meio do qual os equipamentos produzidos no Brasil podem contar com dois incentivos fiscais: o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e o Imposto de Importação (II).
     Notícia veiculada pela Agência Câmara lembra que os incentivos fiscais foram uma das condições estabelecidas pela Foxconn para que a companhia inicie a produção do iPad, da Apple, no Brasil, ainda no segundo semestre deste ano, na fábrica de Jundiaí, no interior de São Paulo. No entanto, pelo menos outros 12 fabricantes também demonstraram interesse em produzir tablets no País.
Fonte: Olhar Digital

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Barbie Advogada

Geneticistas israelenses criam galinhas sem penas