Jovem chinesa de 24 anos ainda sobrevive sem cerebelo


     Na China, uma jovem de 24 anos foi ao hospital por conta de tonturas e náusea e acabou descobrindo que não tem o cerebelo.
     Para quem já esqueceu (ou ainda não teve) as aulas de anatomia, o cerebelo é uma parte importantíssima do cérebro responsável pelo nosso controle motor e algumas funções cognitivas.
     O caso da moça, além de raro, é incrível por mostrar como nosso cérebro pode se adaptar e funcionar mesmo sem uma parte praticamente vital. No entanto, é também triste por não haver um prognóstico concreto sobre o assunto, apenas pesquisas que indicam que pessoas com essa condição costumam morrer jovens.
     A chinesa, que revelou aos médicos sempre ter tido alguns problemas motores e começado a falar apenas aos seis anos de idade e a andar apenas com sete, agora é uma das nove pessoas registradas no mundo que sobreviveram sem o cerebelo. Quem sabe por ter conseguido viver tanto, a jovem possa ajudar os cientistas a investigar melhor o caso.

Comentários